27 de set de 2007

ONGs do território de Sobral, visitam produtor no Baixo Acaraú.


Cerca de 35 Jovens, capacitados pelo programa de Assitencia Técnica através de m Convênio entre o MDA e Fundação CIS, mais técnicos do Instituto Carnauba, e CAPACIT - Centro de Capacitação e Elaboração de Projetos, visitaram a propriedade do Sr. Lacerda Souto, no Perímetro Irrigado do Baixo Acaraú, no municipio de Marco.

A propriedade se destaca por não seguir a risca, o indicativo da nono cultura que nomalmente acontecem nestes locais. Lá há um integração entre os diversos sistemas produtivos. Galinhas produzem estergo que é utilizado para adubar a horta ou as futeiras. O gado segue a mesma lógica, e assim acontece com a horta.

Lacerda recebeu orientação da EMBRAPA futicultura, e assim ele começou um processo de produção natural de consórcio de fruteiras, capim e ou plantas forageiras, permitindo assim que a propriedade gerasse receitas continuas, para assim possa bancar os custos dos insumos.

A propriedade conta com dois empregados permanentes, que moram com suas respectivas.

Os jovens ficaram muito cuiosos, fizeram muitas perguntas sobre o sistema, como era a remuneração, como ele comercializava os produtos etc.

Na avaliação geral, os jovens aprovaram a visita, pois ofereceu aos participantes exemplo concreto de produção. Naturalmente foi destacado as boas condições que a propriedade dispoe, tais como energia eletrica, água e um proprietário que é Engenheiro Agronomo.

26 de set de 2007

A VIDA NO SEMI-ÁRIDO É DISCUTIDA EM SEMINÁRIOS


O Bioma Caatinga, é o tema de 8 seminários com o tema “ Desenvolvimento Sustentável da Caatinga”, promovido pelo Instituto Carnaúba, nos municípios de Forquilha, Cariré, Groairas, Meruoca, Alcântaras, Santana do Acaraú, Massapê e Sobral.

Os seminários terão palestras do Dr. João Ambrosio, professor do Curso de Zootécnica da UVA, e pesquisador da EMBRAPA. O professor é defensor do uso sustentável da Caatinga, tendo desenvolvido técnicas para serem aplicadas. O Professor fará uma análise da situação atual e perspectivas para o futuro.

O primeiro seminário aconteceu no dia 18 de setembro na cidade de Forquilha, das 8 às 12 horas, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, destinada a produtores rurais, lideranças comunitárias, técnicos, estudantes e representantes da sociedade civil. O segundo em Tapuio, cidade de Cariré, dia 20. Os demais seminários serão: Groairas dia 26/09, Meruoca dia 27/09, Alcântaras dia 03/10, Santana do Acaraú dia 04/10, Massapê dia 10/10 e Sobral dia 11/10.

Na ocasião, os técnicos do Instituto Carnaúba, apresentarm o Projeto Rio, Educação e Floresta, que conta com o apoio do FNMA – Fundo Nacional do Meio Ambiente, voltados para atuação nos 8 municípios e que terá duração de 04 anos. O projeto visa capacitar e acompanhar cerca de 240 produtores.

Os seminários dão oportunidade para que todos os segmentos dos municípios possam opinar e propor ações tanto para a sociedade como para o poder público executar, na busca de soluções para os graves problemas ambientais e econômicos.

A Caatinga é um dos biomas brasileiros mais ameaçados, pois vem sofrendo graves agressões, desde o século XVI. Para maiores informações: Instituto Carnaúba à Rua Dr. João do Monte, 917 - Centro Sobral – CE - E-mail: carnauba@carnauba.org - Telefone: 88. 3611.8124