7 de ago de 2015

COMEÇA A ESCOAR O BABAÇU DA COMUNIDADE DE TERRA NOVA – MUNICÍPIO DE MASSAPÊ.

Reunião de preparação na comunidade de Terra Nova
O Primeiro carregamento de coco babaçu (in natura) para unidade modelo de processamento de babaçu, da comunidade de terra nova, foi feito no dia 04 de julho.  Foram 02 meses de preparação, com reunião de produtores com os integrantes do Instituto Carnaúba para organização dos coletores.

A expectativa do primeiro carregamento foi muito grande, pois havia o problema das estradas muito íngremes, terrenos escorregadios e curvas.
Reunião de preparação na comunidade de Meruoquinha.



Na comunidade de terra nova tem pessoas que fazem o óleo de babaçu, outras tiram a massa (mesocarpo),  fazem carvão ecológico, outras quebra o coco e vendem a amêndoa. O babaçu nos meses de verão, de agosto a dezembro, é uma fonte de renda para muitas famílias.


O carregamento de coco velho se encaixa em mais uma fonte de renda para os envolvidos na comunidade. A ação, também estar trazendo outros impactos. Os coqueirais estão sendo roçados, caminhos estão sendo desobstruídos, tudo isso vai gerar um ganho para a colheita da safra nova.
Carregamento do Caminhão na Propriedade do Sr. Antonio
Atualmente já foram 03 carregamentos, sendo estimadas em 30 toneladas de coco as cargas até agora. Até o fim de 2015 deverá ser transportado cerca de mais 100 toneladas de coco.



Carregamento do Caminhão na Propriedade do Sr. Messias



A unidade de beneficiamento estar localizada no sitio São Braz, Meruoca. Trata-se de uma experiência inédita, pois estão sendo testadas diversas tecnologias e máquinas, principalmente aquelas que se adaptam a cultura e as possibilidades financeiras de implantação.  Os resultados dessas experiências estão sendo discutidos com um grupo de parceiros do Instituto Carnaúba e com os produtores. Já foram realizados diversos dias de campo para discutir e repassar os avanços e desafios.

Nenhum comentário: